NOTÍCIAS

Presidente da Fetar-RS cumpre agendas em Piratini e Pinheiro Machado

Em Piratini, Larrosa discutiu a organização dos assalariados rurais com a presidente do STR, Vanessa Nunes Gonçalves

Dando continuidade aos roteiros pelo estado com o objetivo de apurar os impactos da crise climática sobre os empregos rurais, o presidente da Federação dos Trabalhadores Assalariados Rurais do Rio Grande do Sul (Fetar-RS), João Cézar Larrosa esteve nesta sexta-feira (24) em Piratini e Pinheiro Machado, na região da Campanha.

Durante a reunião com a presidente Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) de Piratini, Vanessa Nunes Gonçalves, foi feito um levantamento geral sobre a situação dos aproximadamente 700 assalariados rurais registrados no município e, dos impactos da crise ambiental sobre o mercado de trabalho rural.

“O quadro apresentado pela presidente Vanessa nos deixa mais tranquilos, pois não há relatos de demissões ou desrespeito à Convenção Coletiva de Trabalho no município e a avaliação é de que essa situação deve se manter nos próximos meses”, comenta Larrosa.

A realização de ações conjuntas, entre a Fetar-RS e o STR Piratini, para aproximar os trabalhadores assalariados rurais das entidades e organizar a categoria também foi discutida no encontro.

Postos de trabalho mantidos

Na reunião com o presidente do STR de Pinheiro Machado, Júlio César Moreira o panorama apresentado foi semelhante: não há registros, no município, de fechamento de postos de trabalho rurais, nem de desrespeito à Convenção Coletiva de Trabalho (CCT).

Durante o encontro Larrosa e Moreira aproveitaram para tratar de outras pautas comuns como a negociação em andamento da CCT deste ano e a organização dos trabalhadores assalariados rurais no município.

Rolar para cima